07 dezembro, 2015

Não, não é desculpa. Estou fazendo a parte que me cabe...


Não tenho vindo. É que mudar o Mundo não custa muito, leva é tempo e este é escasso para aquilo que faço. Procuro, qual formiga no carreiro, fazer a minha parte. Faça a sua, com engenho e arte. Mesmo se pouca, a vontade ajuda. Verdade!

6 comentários:

Maria Eu disse...

Gostamos de te ler mas também gostamos de te saber assim.

Beijinhos, Rogério. :)

São disse...

É por uma boa causa , por isso estás perdoado...mas vai aparecendo.


Feliz feriado

Elvira Carvalho disse...

O tempo é sempre escasso quando o objectivo é maior.
Bom Feriado
Um abraço

Catarina disse...

Sempre fui de opinião que se fizermos a nossa pequena parte, faremos uma diferença.

O Puma disse...

Nunca te arrependas

Abraço

Janita disse...

Diga-me onde fica o celeiro e eu prometo cumprir com a minha quota parte de ajuda. Acha que devo segui o carreiro?
Ou carrego os grãozinhos para outro poleiro?

Preciso que me diga como devo fazer para o mundo mudar. Uma alavanca dava jeito?

Abraço!