11 agosto, 2010

A fisiologia do cérebro explica muita coisa - II

REQUISITOS DE LEITURA DESTE POST: Em primeiro lugar o leitor deverá ler (ou relembrar a leitura) do post anterior. Em segundo, é importante (mas não indispensável) que aceite que cada cérebro é aquilo que a comunidade dos relacionamentos próximos e mais envolventes determina que seja. Um terceiro requisito, implica que o leitor admita, ainda que remotamente, que todos os cérebros e os homens ao quais pertencem, nascem iguais e que as anormalidades aparecem depois e dependem de outras anormalidades envolventes...

Duas Rogériografias em confronto: a de um anormal, da direita (salvo-seja) com a minha
(sempre do lado esquerdo de qualquer coisa).
Observe as notórias diferenças numa visão geral, antes da minha explicação

VISÃO GERAL - As imagens acima, são o resultado de "rogériografias" ampliadas dos cérebros de indivíduos adultos. Duas grandes zonas (hemisférios), por onde proliferam os tais processos de alto e de baixo nível são comuns aos dois cérebros, mas existem dissemelhanças: O cérebro do gajo da direita tem processos ocultos no hemisfério da esquerda (zonas tapadas) que assumi representarem processos sem nível nenhum. O hemisfério direito, tem assinalados processos interditos. São interdições que normalmente existem em actividades de cérebros de tenra idade e que raramente se desenvolvem no cérebro adulto.

ANÁLISE DETALHADA DO HEMISFÉRIO DIREITO - Nesta "Rogériografia" as várias interdições assinaladas podem ser totais (nenhuma actividade permitida) parciais ou intermitentes, isto é, umas vezes estão, outras não. Vejamos cada uma delas:
  • Interdição de acompanhar, conviver ou socializar (par de bonequinhos, na região frontal) - o adulto tem a anormalidade de só o fazer de forma muito selectiva com a classe a que pertence. Desde cérebro jovem que lhe são reprimidas "más companhias" e grandes conversas com cérebros que não sejam similares aos do agrupamento onde este cérebro se desenvolve;
  • Interdição de ver em volta -Este cérebro é muito viajado. Alguns que analisei registam viagens desde muito pequeninos. Contudo, olham sem que tenham autorização para ver. Usam o "o telescópio" (representado na imagem) desde que não vejam e guardam do Mundo a visão do bilhete postal...
  • Interdição de ler para conhecer - Leituras só as indispensáveis para progredir nos estudos e em temas obrigatórios. Estes cérebros manifestam sérias dificuldades em saber quantos Cantos tem "Os Lusíadas", confundem autores (Thomas More com Thomas Mann) e nutrem uma relutância enorme por outros (com Saramago em grande destaque)...
  • Interdição na comunicação com o hemisfério esquerdo - É, em qualquer cérebro, um processo crítico. Contudo, estes anormais registam fortes intermitências nesta função. Assim, este hemisfério deixa de ser alimentado regularmente por processos que resultam da aprendizagem lúdica, da observação do Mundo, convívio com os outros e do saber dos livros...

ANÁLISE DETALHADA DO HEMISFÉRIO ESQUERDO - Dispenso-me de o fazer. A imagem vale mais que mil palavras. Só uma chamada de atenção: Os poucos processos que aí se encontram desenvolvidos são do mais alto nível que a "Rogériografia" é capaz de captar. Talvez por isso estes anormais ocupem cargos também de elevado nível.

DESAFIO AO LEITOR

Para além dos comentários que queiram fazer, desafio a que identifiquem grupos sociais portadores deste cérebro anormal. Aceitam-se duvidas ou reservas à minha abordagem "cientifica"...

CONTINUA

11 comentários:

Mar Arável disse...

Todos iguais

e diferentes

Insisto - o cérebro

esse desconhecido

de alto nível

Abraço

maiuka disse...

Claro que tive que ler várias vezes. Mas gostei gostei imenso e pus-me a adivinhar que funções no hemisfério esquerdo estão tapadas e não tem nível nenhum: Pensamento Ético; Pensamento Justo; Pensamento Solidário; Pensamento de Equidade; Pensamento de Renúncia; Pensamento de Liberdade...

Julgo que esse anormal representa bem os nossas elites, governantes e boys respectivos...

Acertei?

Beijos

Isa GT disse...

E estou a ver que não ficamos por aqui :)
Para além da conversa, até o cérebro pode ser avinagrado lol

Bjos

ariel disse...

Carissimo Rogério,

Que deliciosa abordagem e paciência de corta e cola para ilustrar o cerebro da direita...
:)))
De resto sou de opinião que há de tudo como na farmácia. Conheço gente de direita culta e interessada e gente dita de esquerda que é do piorzinho que conheci na vida...por isso eu sugiria a criação de duas sub-divisões, "grunhos" e "civilizados". Uma coisa é certa, "eles" ocupam sempre o poder, seja directamente através dos seus representantes, seja indirectamente por meio de infiltrados, e isso é que é uma grande gaita!!!

:)))

Wanderley Elian Lima disse...

Li e reli para realmente o cérebro é uma máquina bastante complexa e fantástica.
Abração

Rogério Pereira disse...

Caro Puma
Todos iguais à nascença
Todos diferentes na pertença

Maiuka
Ausência de pensamentos? Neurórios deficitários?
Tem razão, são politicos ou "vigários"...

Isa, minha amiga,
A verdade das "Rogériografias"
Avinagra cérebros todos os dias...

Cara Ariel

O resultado do exame apresentado cobre uma elevada amostra
Do que fala, são falsos esqº e dtºs,
vai uma aposta?

Carlos Albuquerque disse...

Estou completamente vergado a este novo, revolucionário, e porventura capaz de se tornar eficaz, método de diagnóstico e análise - a "Rogériografia"!
Como dúvidas são aceites, aqui fica uma, em forma de pergunta:
- Porque se finou a análise do hemisfério esquerdo numa dispensa?
Um abraço, caro Rogério.

Fernanda disse...

Amigo Rogério!

Rendo-me...
Precipitei-me!!!
Afinal aqui não está em causa a condição (feminina ou masculina)...
Pronto, retiro o que disse!!!

Desta ,so far...so good, análise /(rogériografias), depreende-se que já chegaste a conclusões!!!
Estou morta para ler a próxima.

Até aqui, eu, que me revejo no hemisfério do lado esquerdo (definitely), direi que estas rogériografias são indispensáveis, deviam ser mesmo compulsivas.
Afinal os dementes estão todos no poleiro, a des(governar) o Mundo!!!

Gosto demais dos bonequinhos activos e interactivos, comunicativos e bem extrovertidos.
Fico à espera de mais.

Beijinhos

Fernanda disse...

Amigo Rogério!

O que te venho dizer nada tem a ver com este teu fantástico post...mas com o meu...no Rau.

Para ouvires a voz as palavras sábias do nosso amado Saramago, vai à minha Playlist e desligas a música.
Como?
Nas duas barrinhas verticais que se encontram no círculo. Aparecerá então uma seta e pronto!!!
Easy!

Beijocas

Rogério Pereira disse...

Caro Wanderley - è o cérebro é complexo. Julgo-me temerário ao penetrar nas profundezas da mente. Mas que outra forma temos de compreender comportamentos incompreensiveis?

Carlos Albuquerque - Tem toda a razão. Não está certo acabar assim o post remetendo para a imagem o mais importante da análise... Irei remediar isso e responder-lhe nos relatórios cientificos que tenho em preparação...

Fernanda - eu considero-a um cérebro saudável. Mas... Saber lá o que vai na cabeça de uma mulher...

Fernanda disse...

Rogério!

Eu também o considero um cérebro saudável, mas saber o que vai na cabeça duma mulher é um bico d'obra, sim...
principalmente para os homens que nem tentam fazê-lo!

Beijinhos


PS. Volto mais tarde para ler a parte III.