08 março, 2012

Lembro-me delas todos os dias

As mulheres sempre foram o que de melhor a vida me deu...
<>O<> 

__________________________________________
Mandou, pois o Senhor Deus um profundo sono a Adão; e, enquanto ele estava dormindo, tirou uma das suas costelas, e pôs carne no lugar dela. 22 – E da costela, que tinha tirado de Adão, formou o Senhor Deus uma Mulher; e a levou a Adão. 23 - E Adão disse: Eis aqui agora o osso de meus ossos e a carne da minha carne; ela se chamará Virago, porque do varão foi tomada. 24 – Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa só carne. 25 - Ora um e outro, isto é, Adão e sua mulher, estavam nus; e não se envergonhavam (porque ainda eram inocentes)."
GÊNESIS 2: 21-25.
Em vez disto (que risco), um poema  


(este post reescreve os que editei em anos anteriores )

19 comentários:

Maria disse...

Fatalmente. Deves tê-las em casa...
Gostei dos videos.

Um abraço.

Maria disse...

ah... surpresa boa!!!

:)))

acácia rubra disse...

Rogério

O poema para que nos remeteu,o corte do da passagem do GÉNESIS, completam-se.

Sei como pensa e sei da sua experiência e agradeço-lhe.

Beijo

folha seca disse...

Caro Rogério
3 excelentes escolhas para lembrar esta dia.
Tambem todos os dias me lembro delas.
Eu lembrei a razão da existência deste dia assinalado e as vidas que se perderam para que fosse recordado.
Abraço

São disse...

Fez bem em riscar, mas qualquer dia colocarei a versão de Maomé sobre esta passagem.

Obrigada pela homengaem e um bom Dia para si e para as mulheres aí de casa

Até amanhã.

Flor de Jasmim disse...

Caro Rogério
Muito obrigado por esta belissima homenagem. Adorei.

Desejo-lhe um feliz dia junto das suas mulheres.

"As mulheres sempre foram o que de melhor a vida me deu"
Também a minha!
São importantes demais, já me deram muitas alegrias, hoje dão-me muitas lágrimas.

Beijinho e uma flor

BRANCAMAR disse...

Os vídeos são lindíssimos Rogério e o poema de Pablo Neruda sempre me comove quando o leio, porque as mulheres da minha vida quase todas foram assim abnegadas, lembro a minha avó, de um amor incondicional, abnegada, mas nunca vergada, mulher tão doce e tão independente.

De resto o que este dia lembra nos martírios e conquistas da humanidade é de toda a humanidade, não sou muito adepta de dias, tenho pena que haja um para a mulher, será um bom sinal? Porque não há um dia para o Homem, já que agora há dias para tudo?

Lembrarmo-nos delas ou deles ou das crianças (os que estão em risco e não só) é uma obrigação de todos os dias, como diz o título deste post.

Festejemos então a harmonia e o carinho que nos é proporcionado pela sensibilidade de muitas mulheres únicas e de alguns homens (poucos, ahahah!).

Beijinhos
Branca

Traçados sobre nós disse...

Caro Rogério:

Sim, todos os dias, sempre!

Partilho a minha pequena reflexão que escrevi no blog "Traçados sobre nós":

Mulher

Cheia hoje a feminina lua
Em dia da mulher…
Mulher é sempre,
Como a lua
Mesmo se cheia não estiver!

J. Rodrigues Dias, 2012-03-08

Isa GT disse...

É por esta "de todos os dias" e por outras que gosto de vir aqui :)

Bjos

Carlota Pires Dacosta disse...

Gostei das surpresas todas.
Beijinho especial

Graça Sampaio disse...

Claro que se lembra "delas" todos os dias... São tantas lá em casa!... O meu marido sempre se "queixou" do mesmo... eheheheh...

Mas há males maiores...

Beijinhos solidários para elas aí em casa.

Fernanda disse...

Feliz de ti, amigo Rogério por as valorizares convenientemente.

Conheço o texto que transcreveste mas não o poema de Neruda não e é maravilhoso.

Obrigada por este genuíno tributo às mulheres.
Beijinho

Fê-blue bird disse...

Meu amigo:
Obrigada pela palavras, pela escolha dos vídeos, mas principalmente pela escolha do poema que hoje particularmente tanto me tocou.
Sou Mulher e Mãe com muito orgulho.

beijinhos

jrd disse...

Também eu. Nem é necessário haver blogue.

Lídia Borges disse...

Pablo Neruda, SIM!

Um beijo

Rui Pascoal disse...

Eu também (me lembro delas todos os dias) prefiro o poema.

Sandra disse...

E eu orgulho-me se ser mulher todos os dias !
Como me ri com o seu comentário no meu Apelo :))
Obrigada pelo poema de Neruda.

Gisa disse...

Adorei as escolhas e concordo com o pensamento sobre os presentes que a vida te deu...
Um grande bj querido amigo

OceanoAzul.Sonhos disse...

Os videos são intensos, tal como o poema. Magnificas escolhas.

Sempre muito bom ler o valor que se dá às mulheres no geral e em particular as do seio familiar.

Um abraço Rogério
cvb