15 outubro, 2012

Foi mais ou menos assim... simplesmente (como a maior parte da gente)

10 comentários:

manuela baptista disse...

então...não foi na festa do Avante?


seja como for, felicidades!

Rogério Pereira disse...

Manuela,

Nunca me esquivei a uma "boa" pergunta e passo ao lado de sua malícia... A Festa do Avante é bem posterior ao (muito belo) acontecimento narrado (ilustrado e cantada), o qual, quando nos aconteceu, foi em tempos que não sei se conheceu...

Maria João Brito de Sousa disse...

Felicidades, Rogério! :)

manuela baptista disse...

agradeço não se ter esquivado

de qualquer modo, foi nas festas do Avante que eu eu assisti aos melhores concertos e escutei canções tão bonitas como essa que nos dá a ouvir

e nunca é igual para ninguém, por isso, mais uma vez, Felicidades!

e dois abraços

Anónimo disse...

Uau!
Jaime

Lídia Borges disse...


Coisas belas sem interregno, se não neste, noutros lugares.

Um beijo

Rogério Pereira disse...

Pelos desejos de felicidade me interrogo se não provoquei um grande equivoco... Vi o video e tanto gostei que o postei... e foi de facto muito parecido com o ocorrido... quanto ao desfecho... essa data foi esta outra

De qualquer forma, foram muitos simpáticos(as)

Isa GT disse...

Por acaso pensei o mesmo mas pelo link, já vi que a data era outra, no entanto, é coisa que merece os parabéns todos os dias, mais a mais, numa época em que tudo parece durar tão pouco ;)

Bjos

as-nunes disse...

Belos momentos a serem ilustrados com este vídeo excecionalmente sugestivo.

Em 1968 andava eu também nesses «preparos», quero eu dizer, a perguntar, depois de grandes rodeios, antes que fosse tarde demais, que estava quase a assentar praça em Mafra: "queres namorar comigo?".

6 meses depois estávamos a casar, cerimónia religiosa e tudo, num intervalo de 5 dias, com feriado do 5 de Outubro pelo meio.

Por acaso nesse 5 de Outubro o capitão da companhia até me pôs de serviço... lá me desenrasquei, mas o Valério nunca mais o vou esquecer. Tipo bera!

Momentos incomparáveis ...

Abraço

jrd disse...

A minha receita da ternura é muito parecida.