07 outubro, 2012

Mesa Redonda (5) - Tema: "A Unidade Necessária"

Nem Eu sou uma unidade perfeita... (estátua de Rodin, imagem retirada da net)

Eu (comentando o que aconteceu) - O 5 de Outubro foi um dia em cheio... Foi um dia de torpeza, de maltratar a Res Pública, de amesquinhar o povo e de lhe retirar grandeza... Mas também foi um dia de sinais muito belos e necessários. Foi um dia...
Minha Alma (interrompendo, com ar de censurar) - Devias era estar calado. Se falas desse Congresso, devias era lá ter estado...
Meu Contrário (filosofando, como o faz, de vez em quando) - Há muitas formas de estar, mesmo não estando...
Minha Alma (veemente) - Desculpas... a unidade é hoje mais que nunca  necessária. E não se faz unidade ficando à margem daquela oportunidade.
Meu Contrário - A unidade não acontece num momento. A unidade é um processo, não um acontecimento. Por vezes é preciso saber não estar. Por vezes é preciso saber esperar que o consenso aconteça entre aqueles que sabem poder contar connosco...   
Eu  (provocando o consenso naquilo que eu próprio penso) - O Congresso teve um encerramento saramaguiano... e há pouca diferença entre o que ouvi num outro lado e o texto que lá foi votado! (*)
Minha Alma e Meu Contrário (em coro) - Apoiado!

(*) O texto linkado ainda não é o definitivo 

6 comentários:

São disse...

Espero, mas espero mesmo, é que a Esquerda consiga -desta vez e face á tragédia que Portugal vive - ter a inteligência de construir uma plataforma de entendimento!!

Bom domingo

BRANCAMAR disse...

Tal como diz a São seria um sonho lindo que a esquerda conseguisse, unida, reverter esta situação, porque também temos culpas, quando andamos uns para cada lado.

Beijos

. intemporal . disse...

.

.

. desta vez . o 5 . não foi .

.

. nem . de outubro .

.

. nem . de cois.íssima . alguma .

.

.

Maria João Brito de Sousa disse...

Apoiadíssimo, digo eu, do alto da minha modestíssima imperfeição... e como gosto do que foi "ouvido noutro lado"!

Abraço grande!

maceta disse...

o gang no poder conseguiu dar maior relevância ao 5 de Outubro... o gang não esquecerá a alhada e o feriado será mantido.

Lídia Borges disse...


Sinais de esperança que iluminam como estrelas em noite escura.

Lídia