27 outubro, 2012

Qual o custo mais elevado? O do ensino público ou o do privado?

Estes meninos dificilmente entrariam num colégio privado... (Street Art by By Codex Inferno)

Em discussão com o meu genro acho que fui vencido, ou ele ter saído com a convicção de que ele é  tinha razão. O tribunal de Contas vai merecendo crédito e, em relatório seu, dizia que o custo de um miúdo era mais elevado (500€) no ensino público. Tivesse lido isto aqui ou o que depois fui ler neste outro lado e o meu genro teria saído mais esclarecido e sem tanta certeza de me ter vencido. (francamente o que acho é que ele me pica para me medir a genica...)

6 comentários:

folha seca disse...

Caro Rogério
O meu caro nunca se nega a uma boa discussão. Espero que o seu Genro leia este post e siga os links.
Excelente esclarecimento.
Abraço
Rodrigo

Luís Coelho disse...

Pois eu sempre ouvi dizer que o ensino privado era mais económico para o Estado.
Agora dizem o contrário e eu até fiquei na dúvida depois de tantas despezas extra mandadas fazer pela drªM Lurdes Rodrigues...

São disse...

O teu genro está mal informado e manipulado! É bom que pense por si !

Aliás, com a lavagem cerebral que massivamente tem sido feita ao longo dos anos, há muita gente que se deixou convencer de que viveu acima das suas possibilidades...mas ninguém pergunta como seria isso possível!

E, já agora, quem foi.Porque eu não fui de certeza!

E não são ordenados de miséria e reformas de 200 euros que arruinam o país . E se a produtividade portuguesa não dá para sustentar estes valores, como é que dá para os ordenados milionários de Catrogas, Mexias , Jardins e afins?!

Bom fim de semaan

Lídia Borges disse...

Repito aqui o comentário que deixei à Graça:
O problema é fazer com que o cidadão comum entenda estas contas que, feitas por caminhos errados, até parecem certas.
Isto para não repetir o que disse Luís Silva Soares, em comentário no texto do primeiro link onde lembra, de forma clara, o significado de "PRIVADO".

Lídia

manuela baptista disse...

o custo mais elevado, é o de não educar uma geração

podemos sempre seguir o exemplo de Passos e refundar este país

passamos a ter refundações

um abraço, Rogério

maceta disse...

não é preciso muito para compreender que para os privados, acima de tudo e de todos, está apenas o lucro e o resto é muito secundário...e não venham com justificações demagógicas.