07 dezembro, 2013

Quero! Quero regressar "Para os Braços da Minha Mãe"!


QUERER
"Ninguém sai donde tem paz",
- diz-se na canção.
Parecendo que não
desejar regressar aos braços de nossa mãe
pode ser um desejo tido por terno . Pode ser violento
se for entendido como mais que um desejo, mais que um lamento
(a maior violência é uma partida não querida)
Com um querer, pode tudo acontecer...

10 comentários:

Maria Eu disse...

http://www.youtube.com/watch?v=ApL6Hz2p87c

Beijinhos Marianos, Rogério! :)

jrd disse...

Disse Neruda: "Nasci para nascer".
Seria bom voltar ao ventre materno e renascer de novo, para ser livre.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

O nosso querer voltar aos braços de quem nos quer bem.
O nosso querer amar aos que o nosso amor têm.

Nunca ninguém se cansou de amar e de estar bem.

São disse...

Gosto de Abrunhosa...infelizmente, não posso querer voltar para quem nunca me amou!

Fica bem

Sónia M. disse...

Que fundo senti
esta sua postagem...

(Nem sempre querer é poder...)

Tenha um ótimo domingo, Rogério.
Abraço

Sónia

Lídia Borges disse...




Já não sei, já não sei!...

Um beijo

Tétisq disse...

todos desejamos, conforto, consolo, colo...e, por vezes, voltar atrás

Fê blue bird disse...

Os nossos braços estão sempre abertos para os receber, o país é que não!

Vou partilhar esta canção.

beijinho emocionado

Branca disse...

:( ............. :)

Anónimo disse...

:( ............. :)