31 dezembro, 2013

Quatro anos velhos, refunfelhos, já foram. Venham outros, de outros tempos, com novos ventos!



A foto, rebuscada de uma controvérsia que mereceu destaque a partir de uma reação a uma minha opinião, mantém-se actual. Actual, pois o copo que ergo é o mesmo, é o mesmo o estilo do que eu escrevo e digo, e assim irei continuar, sem amargura, com o mesmo sorriso, com o mesmo olhar, expondo a vida do meu EU do MEU CONTRÁRIO e da MINHA ALMA. 
Irei continuar, escrevendo, citando, trazendo para este espaço o que vejo para além da espuma dos dias, para registo do que vai ocorrendo. Brindo a isso e aos meus amigos. Brindo à amizade, que vai deixando a marca e o lastro no que escrevo e faço. Brindo aos que me têm brindado com palavras que guardo no coração. Palavras de carinho e incentivo, todas, todas, sem excepção. Brindo aos que me estimam. Brindo aos que me espreitam. Brindo até aos que não me aceitam...

A todos deixo a promessa de que não abandonarei a luta!

Obrigado a todos e votos de um FELIZ ANO NOVO, neste dia que também é dia de aniversário de milhentas imagens e outras tantas letras! E termino como terminada a tal controvérsia...

...ergo o copo. O olhar semicerrado indicia que estou embriagado, não sei se com a vida se com a bebida. Talvez com a bebida, pois...:

 «Eu não gosto de falar de felicidade, mas sim de harmonia: viver em harmonia com a nossa própria consciência, com o nosso meio envolvente, com a pessoa de quem se gosta, com os amigos. A harmonia é compatível com a indignação e a luta; a felicidade não, a felicidade é egoísta.» 
 José Saramago
Voltem sempre!

12 comentários:

Maria Eu disse...

Ergo a minha taça juntamente com a tua e, certamente, com a de muitos outros que por aqui passam. A minha presença é recente mas gosto de aqui estar. É um local onde sou bem acolhida, onde a escrita é límpida e os temas variados. Adivinha-se o homem de família, o lutador, o poeta.

À tua saúde, Rogério! Que 2014 te bafeje com o que houver de melhor!

Beijinhos Marianos! :)

(e agora, cozinha, que o jantar é melhorado e dá mais trabalho)

Pata Negra disse...

não wortei como no worten sempre, voltarei em quanto houver letras para beber!
um abraço com vinho desavinagrado

jrd disse...

Cá estou de volta. Da outra vez disse "Skål" agora digo "Saúde".
O que é preciso é continuar!
Abraço

Maria João Brito de Sousa disse...

Não tenho taça... ou tenho, mas não há senão chá para a encher... mas que assim seja! Mesmo erguendo a minha canequinha de chá, deixo, em consonância com a tua, a minha promessa de não abandonar a luta até que as últimas forças se me apaguem ou a conta da EDP deixe de poder ser paga!

Abraço grande!

Rosa dos Ventos disse...

Venham mais cinco duma assentada que esta já está!
Está a ser do tinto!

Abraço

cid simoes disse...

Ergo o mru copo a transbordar de fraternidade.

Tite disse...

Se a escrita te dá felicidade a nossa é a de te ler.

Continua amigo!
Feliz Ano 2014

São disse...

TCHIM!...TCHIM!

Felicidades, saúde e coragem para este 2014 que agora começa e que seja menos mau do que se receia, rrrsss

Abraço grande

JP disse...

Ergo a minha taça também (havia um bocadinho para mim não havia?), e desjo um ano novo cheio de coisas boas, sejam elas quais forem.

Abraço

Lídia Borges disse...


Sejam muitos mais!... PARABÉNS! Atrasados, contam?
Sobre a promessa, só tenho a dizer que não poderia ser de outro modo, não fossem esses três, o modo encontrado de melhor revelar a inteireza do UM.

Um abraço e, se esconsa a Felicidade, tocável se mantenha a Harmonia!

Um abraço



Maria João Brito de Sousa disse...

... bem, não ficaram directamente expressos, os meus parabéns... mas estavam implícitos no erguer da minha canequinha de chá...


Outro abraço!

Teresa Almeida disse...

Também eu venho atrasada, mas venho e ergo a taça bem alto pela qualidade deste espaço.
Parabéns, Rogério e obrigada pela partilha.