27 novembro, 2014

O Cante, ainda e sempre




6 comentários:

São disse...

Magnífico!!!!

Gratisssimo abraço , Rogério, e bom final de semana :)

Traçados sobre nós disse...

"Mesmo triste
que o cante te liberte
abraçando-te ao outro
que contigo cante
o que lá vem
em madrugada,

o que de longe vem
..."

Abraço, Amigo!

Fê blue bird disse...

Um coisa realmente muito bela.
O cante alentejano há muito que merecia este reconhecimento.

beijinho e bom fim de semana

MARILENE disse...

Conheci o Cante hoje, no excelente blog da Laura (Escrito no Vento). Havia lido sobre seu reconhecimento como Patrimônio Imaterial da Humanidade, mas não tinha ouvido, ainda, esse estilo de música, que faz parte da cultura do Alentejo. Um canto coletivo , música e poesia, digno da honraria recebida.

Agostinho disse...

... e o horizonte cresceu para além do sonho.

AFRODITE disse...


E ainda dizem que as tradições já não são o que eram... :D


Beijinhos com tradição
(^^)