09 março, 2016

O que espero de Marcelo Rebelo de Sousa


«Tenho que esperar o melhor e estar preparado para o pior, como aquela máxima do Antonio Gramsci do optimismo da vontade e o pessimismo da razão.»
 É o que eu espero, citando João  Oliveira

15 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Pois. O povo sempre espera um milagre mesmo quando não é crente.
Um abraço

Anónimo disse...

Perfeitamente de acordo.

De momento, tudo o que pessoalmente lhe "prometi" - e apenas dentro dum contexto que respeita à matéria-prima que eu trabalho - foi um aplauso, caso se decida a posicionar-se contra o AO90.

Abraço grande!

Maria João

Observador disse...

Não tendo votado em Marcelo, acredito em Marcelo.
O que não faço, nunca farei, é pedir-lhe impossíveis.
Há que esperar, é um facto.

Janita disse...

Isenção e bom-senso, acha pouco?
Eu é apenas isso que espero. E já é tanto...

:)

Fê blue bird disse...

Eu só espero que ele seja digno da posição que ocupa.

Um beijinho

Maria Eu disse...

Melhor do que o antecessor, não é difícil... Confesso que não tenho grandes expectativas.

Beijinhos, Rogério :)

Rogerio G. V. Pereira disse...

Quase sempre a crença
é cega
não vê, por mais que olhe
e só ouve o que escolhe

O discurso foi (terá sido) um bom discurso
como se se pudesse esperar
que Marcelo fosse capaz de escrever um que soasse mal
(ele, que é um mago da palavra)

Rogerio G. V. Pereira disse...

...e é bem capaz de o fazer

Rogerio G. V. Pereira disse...

Acho que os impossíveis ele os fará
mas exigir-lhe o necessário
pode parecer-lhe demasiado

(espere! espere sentado!)

Rogerio G. V. Pereira disse...

Isenção? Bom-senso?
Acho que espera demasiado!

Rogerio G. V. Pereira disse...

A dignidade do cargo pode ter várias perspectivas
designadamente a dos indignados
que não esperam palavras, mas actos

Vamos ver, dizia o cão ao cego

Rogerio G. V. Pereira disse...

não ter grandes expectativas é uma atitude de bom-senso
tudo o que vier e que surpreenda será um ganho

AFRODITE disse...


Rogério, gostava de te fazer uma pergunta: se tivesses estado sentado na assembleia na hora do discurso do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, irias fazer como os 36 deputados que ficaram quietos e sentados enquanto que todos os restantes presentes aplaudiam?

Beijinho

Rogerio G. V. Pereira disse...

Boa pergunta! Merece três respostas (escolha a que mais agradar)

- tal como o link refere "por uma vez as bancadas do BE, PCP e PEV aplaudiram" o que me parece um sinal de abertura e boa-vontade
- um bom discurso não muda o mundo, nem inverte o passado do discursante. Não bater palmas pode ser um sinal expectante!
- julgo se fosse Sampaio da Nóvoa o Presidente empossado, seria muito maior o número do "pessoal" a ficar sentado...

Minha querida amiga,
se fosse eu, ficava na retranca.
"Aquilo" bem pode ser sentido,
ou ser apenas... garganta

© Piedade Araújo Sol disse...

depois da euforia
vamos esperar para ver...
Um bom fim-de-semana.
Beijo
:)