30 dezembro, 2018

Elegia do Velho Ano e Ode ao NOVO

ELEGIA, DO VELHO ANO
Caros amigos,
sabendo que está quase chegada a hora
de me ir embora,
aproveito a oportunidade que me é dada
para vos deixar palavras medidas
bem pesadas e reflectidas.
Vou ser acusado de ter sido um mau,
muito mau ano.
Que grande engano…
Nada de mais errado
atribuir ao Tempo
aquilo que está fora das suas competências.
Não sou o causador de vossas rugas,
quem as marca no vosso rosto é a vida.
Não sou o causador das vossas dores,
sois vós próprios,
caras senhoras e caros senhores.
Sois vós próprios e as vossas circunstâncias,
e mesmo estas não me podem ser imputadas.
O tempo, este vosso servo,
apenas é uma referência intangível
a quem nada é exigível.
Ninguém até hoje me tocou.
Ninguém até hoje me fotografou,
me descreveu a rigor ou desenhou.
Contudo existo,
mas apenas marco referências
de cada facto ocorrido,
de cada acto omisso,
de oportunidades tidas ou perdidas.
E logo, quando cada badalada for ouvida,
das doze que serão escutadas,
não esqueçam de juntar aos vossos doze desejos,
palavras minhas, aqui deixadas:
Que cada desejo não entregue ao tempo anseios
que dependem de vossos gestos.
O tempo nunca resolveu nada
que os povos não tenham querido resolver.
Que cada um saiba o que de importante pode e deve fazer.
Que a sabedoria vos ilumine. 

São os meus votos
____________________________________________
MINHA ODE AO ANO NOVO
Vai, meu velho
Que eu fico e me renovo
Nesta mensagem em que me revejo
E que a todos endosso
BOM ANO NOVO! 

12 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

E consegui! Consegui ler a Elegia ao Ano Velho e ver e ouvir a Ode ao NOVO :)


BOM ANO, BOM ANO!

Janita disse...

Bom Ano, Rogério.

Com beijos, sorrisos e afagos
mensagens solidárias
e tudo que lhe for mais caro
desejo que o Ano que aí vem,
seja o melhor para si...
...sem estragos!!

:)

Elvira Carvalho disse...

Gostei de ler estas elegias.
E do cartão.
Feliz Ano Amigo.
Abraço

Unknown disse...

Bom Ano com poesia na voz,
com um poema de felicidade, justiça e paz
gritado ao Mundo, ou simplesmente sussurrado, não importa,
o importante é que o poema se cumpra em cada um de nós.

São disse...

Parabéns !

Gostei muito, mesmo.


Desejo uma alegre passagem de ano e um 2019 melhor do que 2018 !

Grande abraço

Manuela Araújo disse...

Muito bom, caro Rogério, obrigada!

O tempo é para nós humanos aquilo que fazemos dele!

Seja feliz em 2019

Manuela Araújo disse...

Voltando aqui para dizer que esta sua mensagem me fez repensar a minha mensagem
Até para o ano :)

Lídia Borges disse...


"Que a Sabedoria [nos] ilumine."

FELIZ 2019!

Lídia Borges

Susana Serrano Pahlk disse...

Bom Ano Rogério.
Um abraço!

Rogerio G. V. Pereira disse...

O tempo nunca resolveu nada que os povos não tenham querido resolver.
Que cada um saiba o que de importante pode e deve fazer.
Que a sabedoria vos ilumine.

Disse

Maria João Brito de Sousa disse...

Bom ano, bom ano! :)

Fernanda Maria disse...

Um brinde à renovação!
Feliz 2019 amigo Rogério.

Beijinho