04 maio, 2019

«Partilhar a memória é uma forma de evitar que o passado se repita»


Recebi da presidente da Associação, de que sou também dirigente, um e-mail que transcrevo na integra. Com vaidade o faço:
«Termina hoje a iniciativa "25 de Abril- Somos a memória que temos" levada a cabo pela nossa Associação, entre 22 de Abril e 4 de Maio, e dela cumpre fazer um balanço.

Como planeado:
  • Executaram-se, com a participação dos alunos do Centro Qualifica e  da ES. Sebastião e Silva, cerca de 100 telas alusivas à data. As telas decoraram o Jardim de Stº Amaro de Oeiras, as ruas próximas da nossa sede e o Passeio Vitorino Nemésio;
  • Executaram-se 15 telas de grande dimensão e foram montadas três exposições documentais nas Escolas que connosco se associaram na iniciativa;
  • Foram realizadas sessões de debate com os alunos das escolas, as quais registaram viva participação e um número assinalável de presenças:
- Centro Qualifica/ES. Luís de Freitas Branco (cerca de 150 presenças)
- ES Quinta do Marquês (cerca de 90 presenças)
- ES Sebastião e Silva (cerca de 40 presenças)
  • Foram oferecidos livros às Bibliotecas daquelas escolas (junto se remete, em formato PDF, um exemplar do livro "Almas que não foram fardadas", memórias da Guerra Colonial, da autoria de Rogério Pereira, edição da EMACO)
  • Foi realizada recolha de imagens e produzido o video que está sendo divulgado na página do FB da "Desenhando Sonhos" (ver aqui )
À CMO, à Junta de Freguesia da UFOPAC, às Escolas participantes no projecto, ao Centro Qualifica, aos alunos e professores e a todos os que associaram a esta memorável iniciativa, registem os nossos melhores agradecimentos.

Atentamente,

Olívia Matos
(Presidente da Direcção)»

3 comentários:

Anónimo disse...

Revisitado o "Almas Que Não Foram Fardadas", visualizado o vídeo e partilhada a memória, resta-me agradecer-te, Rogério. A ti, à Olívia e a todas as entidades que se associaram a esta iniciativa. Porque, efectivamente, somos a memória que temos e é imperioso manter bem vivo o espírito que animou Abril.

Um forte abraço,

Maria João Brito de Sousa

Larissa Santos disse...

Passando para desejar um Óptimo Domingo.

Bjos

Elvira Carvalho disse...

É cada vez mais necessário contar como foi, para que não se repita.

Feliz dia da mãe para sua esposa e filhas.

Um abraço e bom Domingo