24 janeiro, 2012

Ofereceram-me um selo... Tento, hoje mesmo, começar a merece-lo

Ofereceu-me este selo por me considerar criativo. É muito agradável que ela me ache assim, até porque o pouco que sei dela é testemunho que, embora viva num mundo cor de rosa, não se trata de uma jovem daquelas que mais parecem adultos em férias (como um palestrante, me convidado de ontem tão bem dissertava). Mas tem uma coisa: seria contraditório que, tendo-me considerado criativo, não acrescentasse criatividade a tão honrosa oferta. Faço-lhe a imaginativa "maldade" de romper com o processo em cadeia e com as condições de multiplicar o endosso... Coisa feia essa? Talvez, mas está-me na maneira de ser não o fazer. Também não falarei da minha música preferida, das sobremesas que me agradam, do que me tira do sério... não que queira fazer disso um mistério, mas porque, de mim, é o que mais falo aqui.
Apenas respeito, ao meu jeito, dar conta dos sete factos aleatórios sobre mim: 1- Estudo ciências politicas todos os dias, gostava de fazer algo pelo mundo! 2- Gosto muito de fazer voluntariado, manter este blogue não coisa a que esteja obrigado. 3- Sou muito sensível, choro por tudo e por nada! 4- Sou apaixonado pela minha família e pelos amigos e por ela! 5- Detesto brincos, malas, sapatos, roupa! 6- Sou muito saloio (nasci perto da Malveira), e adoro isso! 7- Sou do Benfica, mas não me importo de perder, desde que no final... seja o campeão nacional! 

Cometi a maldade de praticamente a plagiar? Claro que não... só que somos... parecidos!