07 maio, 2012

Poemas do Rogérito - 4


Uma semana depois, sequelas da balburdia, sem falar da agonia de quem produz

10 comentários:

Tite disse...

Querido Amigo,

1º o agradecimento que deixei lá no blog.
Depois acredita que, mesmo sem o teu sentido de humor, me pergunto o que farão os amantes dos templos de consumismo (nem que seja aos feriados 1º de Maio) a tudo o que compraram em excesso só porque... SIM?

Abraço

folha seca disse...

Caro Rogério
O link remete para a conversa fiada da ministra Cristas, quando o Alvaro já a desautorizou.
A questão não passa pela legislação, passa pela capacidade (e interesse) dos produtores em organizar-se e aí é que é complicado. Se um produtor diz que não, há logo uma duzia a dizer que sim, até que um dia também vão ter que dizer que não e assim sucessivamente.
Abraço
Rodrigo

Rogério Pereira disse...

Caro Rodrigo, é mesmo isso, tal como ontem foi dito na homilia do dia:

"Cipriano Algor tinha as mãos a tremer, olhava em redor, perplexo, a pedir ajuda, mas só leu desinteresse nas caras dos três condutores que haviam chegado depois dele. Apesar disso, tentou apelar à solidariedade de classe. Vejam esta situação, um homem traz aqui o produto do seu trabalho, cavou o barro, amassou-o, modelou a louça que o encomendaram, cozeu-a no forno, e agora dizem-lhe que só ficam com a metade do que fez e que lhe vão devolver o que está no armazém, quero saber se há justiça neste procedimento."
José Saramago, in "A Caverna", pág. 22-23

jrd disse...

Dá vontade de imprimir e afixar no escaparate da loja PD ali da esquina.

São disse...

rrsss houve quem comprasse balúrdios e quando chegou a casa é que viu que nem todos os produtos estavam em promoção!!

Um abraço

heretico disse...

excelente.

e eficaz...

abraço

Graça Sampaio disse...

Coitada da vizinha do 4º andar - é burra!...

BlueShell disse...

Depois da "casa assolada" trancas na porta! O tu poeminha está espetacular, meu! E não sei como conseguiste esse efeito...LINDOOOOO!!!

Desculpa os meus atrasos nas visitas...mas a Escola não tem dado tréguas...
Beijo, BShell

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Confirmo que a ministra tem umas boas trancas, mas duvido que as utilize para defender os fornecedores das cadeias de merceeiros...

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Me sinto
sem saber como comentar
aqui,mas vou me situar, prometo.