03 maio, 2012

"Se o homem é um produto das circunstâncias, humanizemos as circunstâncias" (Karl Marx, hoje citado por José Barata Moura)


"Se o homem é um produto das circunstâncias, humanizemos as circunstâncias" 
 (Karl Marx, hoje citado por José Barata Moura)
A foto (de José Ferreira) é paradigmática: 
Entre a extrema pobreza e o luxo da ostentação (que está para lá do cartaz), passeia-se uma outra classe social (difusa, à procura da sua própria consciência?)
AVISO: por estes dias, farei textos reduzidos, poucas visitas e um ou outro comentário apressado. Desculpem, estou ocupado

17 comentários:

Ana Tapadas disse...

Como sempre, lúcido e pertinente!

Bom congresso.


beijo

BRANCAMAR disse...

Ah que inveja, quem me dera estar perto e assistir a esse congresso!
Rogério, textos reduzidos mas fortemente ilustrados e os vídeos das manas(creio que são) Sara e Telma Totta baralharam-me completamente, tão parecidas, têm mesmo carinhas de filósofas, :) e eu sempre adorei filosofia, era mesmo uma das minhas opções para o Superior (Filosifia, Psicologia, Assistente Social e por último Educadora de Infância), mas os meus passos acabaram por percorrer outros caminhos, com alguns voluntariados pelo meio, onde estas componentes iam aparecendo, até porque no fundo é esta imagem de contrastes que aqui tens que mais me move, na vida daqueles que estão do lado de fora da montra.

Curto, mas belíssimo post, para essa outra classe social em busca da su própria consciência.

Beijos
Branca

Maria disse...

Bom trabalho e bom Congresso!


abraço.

Anónimo disse...

A foto parece ter sido tirada exactamente para este texto.

Bom trabalho.
Até breve.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Rogério Pereira disse...

Atenção,
o comentário
só foi eliminado
por estar em duplicado!

Juro!

jrd disse...

E que melhor ocupação!

Não é a dimensão dos postes que me trás aqui mas a sua profundidade, como é o caso deste.

Bom congresso.

Anónimo disse...

Há imagens que valem por mil palavras. Poderá ser este o caso, é só saber "ler".
Post com muita oportunidade e profundidade.
Abraço do
JF

MARILENE disse...

Não importa a dimensão da postagem, mas o conteúdo. E as poucas palavras que nessa deixou têm a capacidade de mostrar a grandeza da desigualdade, da pobreza, da fome, da desilusão.
Excelente!

Bjs.

Marta disse...

bela fotografia! assim se vê as oscilações entre uns e outros!
beijinhos

Lídia Borges disse...

Tenho a impressão de que já perdi muito do que vai "semeando" por aqui.
Curioso: tinha pensado publicar o poema de Sophia que nos trouxe no "post" anterior, mas...
Ainda bem que o fez por mim.

Obrigada.

O Puma disse...

Tudo pelo melhor

Fê-blue bird disse...

Meu amigo:
Uma foto forte e um texto a condizer.
Excelente.
Os seus textos mesmo reduzidos são importantes.
Bom congresso!

beijinhos

Mar Arável disse...

Tudo farei para estar presente

alguns convidados
merecem-me toda a credibilidade
científica

Gisa disse...

Imagem emblemática. Grita a atualidade do momento. Para onde iremos a seguir?
Um grande bj querido amigo

Malu Machado disse...

Adorei.

Malu Machado disse...

Adorei.