21 agosto, 2011

Homilias dominicais (citando Saramago) - 45

Entre as pálpebras semicerradas, semiabertas
aranhas tecem invisíveis teias
Dos lábios ainda brotam sorrisos antigos
e os ninhos se aglomeram escondidos
por detrás das orelhas
O musgo invade-lhes as partes imersas dos corpos
Estarão mortos?, ou simplesmente há muito adormecidos?
------------------------------------------Rogério Pereira

HOMILIA DE HOJE
"A Terra rebentará, podemos tê-lo por seguro, mas não será para amanhã. Do que estamos a necessitar é de um bom susto. Talvez despertássemos para a acção salvadora."
-----------------------------------------------------José Saramago, in "Outros Cadernos..."
Imagem tirada daqui