24 fevereiro, 2012

Vou sorrir à primeira pessoa que passar!

Sessenta e sete
Já são sessenta e sete vezes
que isto me acontece
Das primeiras vezes,
crescia-me um corpo
e uma alma
aprendendo
a falar um com o outro
de forma serena, calma. 
Mas tarde,
cabiam já alma e corpo no mesmo espaço,
começaram os conflitos e o embaraço
de ir amadurecendo a servir de juiz
num por vezes doloroso desaguisado
exercício de manter o equilíbrio
entre Minha Alma e Meu Contrário 
Foram tempos de tudo
De raiva, de luta, de ausência, de regresso
que não esqueço 
Vieram então tempos de esperança,
e de poupada alegria
(pois que desta nunca há abastança
e se dela gastasse a esmo por certo já não haveria) 
Chegado agora, ao dia de hoje
os três olhamos este meu rosto
Contamos-lhe as rugas,
umas leves outras fundas...
Estas aqui, na fronte, que tantas são,
são as dos desgostos, das incertezas e da apreensão
Estas, outras, na face, que muitas se atropelam
São as do sorriso, e é a alegria que revelam 
Minha mão as tacteia e afaga
ao mesmo tempo que as vai contando
E que coincidência, e que espanto
umas e outras somam o mesmo e tanto. 
Para as desempatar
Vou sair
E sorrir
À primeira pessoa que passar

39 comentários:

Gisa disse...

Vale por aqui?
Então ganhei o primeiro sorriso!!!!
Viva!!!!!!!!!!!!!!!
Bjs pelo teu dia!
A surpresa vem amanhã, porque hoje, aqui ainda é 23...
Bjsssssssssssssssssss

Catarina disse...

Muitos parabéns. : )

Mery disse...

Beijinhos, tudo de bonito na vida...mereces.
Muitas alegrias e sorrisos pra ti;
Mery*

ematejoca disse...

Abraço caloroso ao Cidadão do Mundo da amiga de longe!!!

Janita disse...

Pronto...já é dia vinte e quatro!
Agora venho só dar-lhe um abraço.
Amanhã em pleno dia cá estarei
para lhe dizer uma coisa que eu cá sei. :))

Beijinhos, Rogério!

acácia rubra disse...

Desiludida!!!
Eu que queria ter o seu primeiro sorriso...

Vá lá, como é dia de festa e de PARABÉNS, tenha dó e dê-me o seu 5º sorriso.

Já o cá tenho!

Beijo grande

Laura

BRANCAMAR disse...

Muitos parabéns Rogéria, mais uma vez. O poema é uma loucura de lindo e pleno da vida que viveste.
Eu queria vir a correr, dividir sorrisos com a Gisa, mas entre a minha casa e esta e mais a de outras duas amigas, hoje tenho festas a quadruplicar e até eu já recebi parabéns, por dar à luz neste dia.
Só amanhã a filha chega para festejar, mas também só nasceu há hora de jantar, :)
Para ti um grande e feliz dia e que todos sejam preenchidos de paz e amor.
Agora vou passar pela casinha de duas meninas aniversariantes, porque tu foste o primeiro depois da Ritinha.

Beijos
Branca

Vítor Fernandes disse...

Feliz aniversário Rogério. Que contes muitos, idealmente com esta pujança para a escrita de qualidade que nos prende ao blog e algumas das vezes sem saber como comentar, só para não estragar o que está escrito.
Ah é verdade, e já estou a ler o "Almas..."
Um grande abraço e passa um dia muito feliz.

acácia rubra disse...

Rogério passe pelo meu canto, por favor.

Beijo

Isa GT disse...

Parabéns!
Desejo-lhe um dia muito feliz na companhia da família que é a melhor coisa do munhdo :)

Bjos

folha seca disse...

Caro Rogério
Os parabéns pelo aniversário já lhos dei num outro lado (FB).
Aqui deixo-lhe os parabéns pelo excelente poema na primeira pessoa.
E sorria, sorria meu caro à primeira e a todas as outras pessoas que encontrar.
Um grande abraço.
Rodrigo

Eduardo Miguel Pereira disse...

Rogério, mas que bela forma de comemorar o próprio aniversário.

Sinceros parabéns, e votos de que este dia se repita por muitos e bons anos, sempre rodeado daqueles que ama.

Abraço.

São disse...

Caro Rogério, para desempatar a sério tem que sorrir a toda a gente, incluindo a nós aqui(sim, porque também somos gente, rrsss)

Sessenta e sete? pois parafraseando Jesus que faça setenta vezes sessenta e sete e que o seu futuro seja ainda mais feliz do que o seu passado e que o partilhe com quem (o) ama.

O meu abraço de parabéns, com votos de agradável final de semana

São disse...

Desculpe, é só para lhe dizer que o poema está magnífico!

Divirta-se

OceanoAzul.Sonhos disse...

Parabéns Rogério, agora cá deste lado, nunca é demais desejar tudo de bom a um homem que nos encanta diariamente em palavras, espirito e presença.

Abraço forte com votos de um lindo dia junto da sua familia que é por certo, o maior tesouro do mundo!

cvb

Carlos Albuquerque disse...

Parabéns, Rogério!
Forte abraço.
Sessenta e sete?
Belo.
Já por eles passei..
Vou roubar-te o texto, prometendo não o maltratar.

Graça Pereira disse...

Amigo Rogério
Fazer anos não é tolice, como diziam uns versos antigos...fazer anos e a contabilidade deles num poema extraordinário, é de alguém que viveu a vida a sério, com tudo aquilo que ela tem para nos oferecer (ou tirar...) é de alguém que continua a fazer caminho em cada dia sempre novo na sua história, é de alguém que abriu a sua alma ao encanto das coisas (as rugas, são só um pormenor) e não deixou escoar a sua alegria e por isso...oferece sorrisos!
Um beijo grande de Parabéns pela tua juventude e que este aniversário seja enfeitado com tudo de bom que o teu coração desejar.
Graça

manuela baptista disse...

são tempos de tudo

e sejam as rugas incontáveis porque contável, é tudo o que o Rogério agarra, comenta, desenvolve com o seu humor particular e faz abanar também

porque agitar é a melhor forma de estar vivo

felicidades!

um abraço

manuela

acácia rubra disse...

Rogério

Então não queria fazer com que hoje celebrasse os 77? SE não fosse o Carlos, teria de guardar, viçosas, as 10 flores que restavam...

Do que se livrou!!! 10 anos a cuidar de 10 das minhas flores!

Beijo

Rui Pascoal disse...

Aos que "nos tocam" pedimos “apenas” que não deixem de o fazer.
Parabéns Rogério!

Margarida disse...

Meu querido,

"A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-las
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo, nem culpa de sentir prazer.

Fase dourada em que a gente pode criar
e recriar a vida,
a nossa própria imagem e semelhança
e vestir-se com todas as cores
e experimentar todos os sabores
e entregar-se a todos os amores
sem preconceito nem pudor.

Tempo de entusiasmo e coragem
em que todo o desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda disposição
de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO,
e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente
chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa."

Muitos parabéns

Guma Kimbanda disse...

Rogério amigo!

Que contes muitos sorrisos, muitas alegrias, muitos amigos e família à tua volta. Que a saúde seja a tua melhor prenda, do restante tens feito o melhor. Parabéns amigo.

Kandandos... Inté

Hugo de Macedo disse...

Sim, Rogério. considera uma prenda, com grande amizade.

Um forte abraço de parabéns, que venham muitos mais!

jrd disse...

E que largo!...
Parabéns!
Abraços

as-nunes disse...

Decidi-me, finalmente, a deixar aqui o meu depoimento, a causa é justa, sessenta e sete artigos duma petição à Vida, tão bem fundamentada, justificam plenamente que tente entrar no seu círculo de amigos (amigos, julgo dizer bem, que quando por aqui andamos a apreciarmos o que vamos escrevendo e revelando de nós próprios, terá de ser por amizade).

Muitos parabéns

Janita disse...

Amigo Rogério.
Mais uma vez aqui estou para lhe desejar um resto de dia de Aniversário muito feliz.
Muitos e muitos Parabéns!
(O resto ficou lá)
Beijinhos com amizade.

Janita

manjedoura disse...

muitos parabéns
e
muitos sorrisos
já de avanço
para que se evite empates

Graça Sampaio disse...

Parabéns ao Rogerito, à Sua Alma e ao Seu Contrário! Deve ser difícil gerir tanta gente dentro de um corpo só!

Beijinhos e conte muuuuuuuuuitos!

Flor de Jasmim disse...

Caro Rogério
Excelente e comovente seu poema.
Deixei os parabéns no FB logo a seguir à meia noite, tentei ser a primeira, mas fui a segunda.

Beijinho e uma flor

Fernanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda disse...

Cheguei só agora, mas trago um sorriso enorme no rosto e o coração cheio da ternura que sinto por ti, meu querido amigo Rogério.

PARABÉNS!!!

Este foi um ano bom para ti, senti-o.
Desejo que o próximo seja, pelo menos, igual.

Beijo e abraço enorme desta tua velha amiga.

Traçados sobre nós disse...

Caro Rogério:
Muitos parabéns e que a vida seja de sorrisos!
J. Rodrigues Dias

Lídia Borges disse...

Gosto do seu poema, Rogério
como um balanço que balança
entre o sorrir e o chorar.

Das rugas nem vou falar
São só as coisas da pele,
mas a alma, essa é leve
No seu liso navegar

Um sorriso irá negar
Ao último a passar?

Beijo meu

heretico disse...

cheguei um pouco tarde à "festa". mas vim a tempo de deixar um forte abraço de parabéns.

que contes muitos. rodeado da tua bela familia.

abraço

Rogério Pereira disse...

É tão bom ter amigos...
Num dia menos bom (porque os há)
venho reler
Tenho a certeza de sair daqui reconfortado...

Carlota Pires Dacosta disse...

Muitos Parabéns!!
E nunca deixe de sorrir, conhecidos, estranhos.
Beijo

Rosa dos Ventos disse...

Já alguém me sorriu hoje!
Será que esteve a contar rugas?! :-))
Belo poema...

Abraço

Fê-blue bird disse...

Amigo Rogério:

Quando chegamos a "certa" idade e sorrimos à primeira pessoa que encontramos é sinal que a nossa alma ainda está a crescer.
Embora atrasada, pelo desculpa,
pode ser que me calhe um sorriso :)
O meu terá sempre!
Muitos parabéns! Mantenha esse rosto assim, vivido e sereno.

beijinhos

AC disse...

Atrasadíssimo, Rogério, mas ainda a tempo de lhe desejar o melhor.
Parabéns!