21 outubro, 2018

Conversas cruzadas (ao Domingo) - 2

Por obrigação contratual, esta de cruzar conversas, cito o Bruno.


A imagem acima é terrível?
Ser, é! Mas não mais que outras que diariamente nos entram casa adentro, sem explicação, nem enquadramento. Dos conflitos armados que se apresentam, fosse a nossa imprensa alinhada com a paz e não deixaria de apresentar o balanço das vítimas, das armas vendidas, da origem das ditas, do que está por trás, das causas de milhares de vítimas civis...

Assim, não sendo possível desviar os olhos das crianças que a tanto assistem, sugiro que passe nas escolas o vídeo abaixo. Talvez a professora Eurídice pegue na ideia. Ela ou outra professora. Ou um Director de Escola. Ou, até, sei lá, porque não o Ministro? Pois não é verdade...
...que é no banco da escola que tudo começa
aí se poderá ensinar a amar a paz
e a odiar a guerra?

Não será difícil encontrar informação semelhante sobre outras guerras, Vietname, Guerra Colonial, etc, etc, dos tantos etecetera que subsistem, para além do silenciamento criminoso. Não será difícil encontrar quem disso fale (ontem, só organizações foram 45, e presenças mais de setecentos militantes da PAZ)

Mas... em tudo isto, onde entra o Bruno?
Foi do sítio dele que retirei o vídeo.

2 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

Que imagem e que vídeo, para começar o dia... na verdade, porém, não há um único dia em que eu não reflicta sobre o que este vídeo nos narra.

Elvira Carvalho disse...

Impressionante.
Tanta vida ceifada,
Abraço