14 setembro, 2012

Destroikar ou voltar ao ritmo de arder em fogo lento?


O video bem produzido. Estou de acordo com ele e ele está de acordo comigo. Pequenas desavenças quanto à organização e convocação da manifestação, não me fazem retirar uma só palavra ao acima dito... A manifestação é para destroikar?, destroikemos então. 

Da troika interna, já se sente o alarido e a perturbação pelo ritmo excessivo das medidas bem como do seu doloroso peso sobre o povo. Dessa troika interna (os três partidos subscritores) clamam vozes e palavras duras, mas sem se avistarem grandes roturas. A questão pode ser até entendida em torno da adesão à manifestação: João Galamba, disse que “em princípio vai”, porque apesar de não se identificar inteiramente com o ‘slogan’ da manifestação - “Que se lixe a ‘troika’, queremos as nossas vidas” -, considera que “é importante participar num movimento de levantamento do país contra esta loucura”. Manuela Ferreira Leite também admite vir a participar...