24 abril, 2013

Frei Bento Domingues, "no 24 de Abril, a gente tinha medo da própria sombra". E agora?


Frei Bento Domingues é homem a que dou atenção. Pelo que disse, ele me dá razão quanto a continuar  a merece-ma. Pena que, falando de medos de sombras, não tenha falado das sombras que sobre nós pairam e do que pensam os católicos sobre a atitude da sua Igreja... hoje.

Dom José Policarpo diz que a sociedade é capaz de suportar tudo, repetindo a ideia central de Ulrich, que afirmou que o povo aguenta o peso das sombras, enquanto Dom Jorge Ortiga recomenda que os crentes se remetam à reflexão e à introspecção, em grupos fechados sobre si mesmos.  Fico na dúvida sobre o que ele, Frei Bento, pensa e se amanhã desfilará ao meu lado. 

É que não me esqueço terem-me dito num comentário: "tem mais católicos ao seu lado, do que aquilo que pensa". Vamos ver... dizia o cego que queria ver.