20 janeiro, 2013

Geração sentada, conversando na esplanada - 24 ( tábua de salvação)

(Ler conversa anterior) 
Procurei desesperadamente o texto de Gonçalo M Tavares (Noticias Magazine), não o tendo encontrado dei-me ao trabalho de o introduzir eu próprio: 
- No fundo, viver é isto: segunda tédio, terça tédio, quarta tédio, quinta tédio, sexta tédio, sábado tédio, domingo tédio, outra segunda tédio, terça tédio, quarta prazer das cinco horas às seis, depois de novo tédio e tédio e sexta tédio e sábado tédio e domingo tédio e se tiveres muita, muita sorte terás até ao fim dos teus dias dias, a este ritmo, tédio após tédio e, de vez em quando, umas horas de prazer.
- Uf, se tiveres sorte, portanto, serás um mortal entediado.
- Ser um mortal entediado significa que conseguiste contornar o acidente. É isso, entende Excelência? 
Gonçalo M. Tavares 
Foto amavelmente cedida por Fernando Santos (chana) 

Esperei, esperei, esperei e não apareceu ninguém na esplanada. "É o mau tempo, pensei", como a dar explicação à ausência. Levantei-me e fui andando, andando, andando até me perder por caminhos por onde nunca tinha andado, fora da vista de quem passa e do alcance de qualquer janela. Estava só, só eu. Por detrás de uma vereda dei com o que não suspeitava ver: um monte de lixo. Uma lixeira a céu aberto com um sem número de coisas usadas, estragadas ou destruídas. Entre elas encontrei uma tábua. Olhei-a, tinha na textura o desenho da alma da árvore a que pertencera a tábua. Era a minha tábua de salvação... Peguei nela decidido a enfrentar qualquer acidente (ou susto). 

Conclusão: num qualquer dia que julgue perdido saia do tédio, perca-se por caminhos não andados e em sítios inesperados poderá encontrar a sua tábua de salvação. É um conselho, não é uma opinião.
___________________________________

PS (colocado depois de editado e de ter registado alguns comentários) - Escreve o Gonçalo:
"...acidente é aquilo que introduz a dor no que se previa ser prazer ou pelo menos tédio - Sentimos saudades do tédio nos momentos de acidente"