25 janeiro, 2013

Albert Einstein mandou-me um recado. Dizia: "estou do teu lado"



"É reduzido o número daqueles que vêem com os seus próprios olhos e sentem com o próprio coração. Mas da sua força dependerá que os homens tendam ou não a cair no estado amorfo para onde parece caminhar hoje uma multidão cega.
Quem dera que os povos vissem a tempo, quanto terão de sacrificar da sua liberdade para escapar à luta de todos contra todos! A força da consciência e do espírito internacional demonstrou ser demasiado fraca. Apresenta-se agora superficialmente enfraquecida para consentir a formação de pactos com os mais perigosos inimigos da civilização. Existe, assim, uma espécie de compromisso, criminoso para a Humanidade, embora o considerem como sabedoria política.
Não podemos desesperar dos homens, pois nós próprios somos homens."
Albert Einstein
O texto veio do Bulimunda 

19 comentários:

Catarina disse...

Einstein e a sua imensa sabedoria...

ematejoca disse...

Há ainda muitos outros alemães que também estão do seu lado, amigo Rogério.

Sandra Subtil disse...

Era ( É) um génio!
Beijinho e bom fim de semana

JP disse...

A força da propaganda era e continua a ser enorme.

O homem sempre foi influenciado, sempre se deixou influenciar. Olha agora o que acontece.

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

É verdade!
Não podemos desesperar da Humanidade porque dela somos a essência!
Desculpe a ligeira alteração da frase final...quem sou eu para o fazer?
Mas fiz! :-))

Abraço

Maria João Brito de Sousa disse...

Ao longo das últimas décadas, têm-nos vindo a ser escamoteados os direitos conquistados em Abril de 1974... umas vezes quase subrepticiamente, outras de forma descarada... e muitos continuam a acreditar que os comunistas é que são "os maus da fita". Fez o Einstein muito bem em deixar-te um recado!

Abraço grande!

Ana Tapadas disse...

Einstein era um homem genial, não necessariamente um homem bom. Mas é nessa ténue linha que teremos que caminhar...

Beijo grande, meu amigo

Janita disse...

E é passando de mão em mão, os recados bem dados, que se engrossam as fileiras dos homens inconformados!
Parabéns ao Bulimunda que mandou o recado do Einstein para uma Conversa (nada) Avinagrada.
Gostei deste partilhar!

Beijos.

heretico disse...

não espero Génios, mas acredito na força (material) das ideias...

abraço

Cristina disse...

As massas formam a (des)inteligência coletiva, tão estudada hoje pela neurociência.
Um abraço, Rogério.

jrd disse...

Por isso é que é melhor ser "um homem de valor do que ser um homem de sucesso".

Graça Sampaio disse...

«no estado amorfo para onde parece caminhar hoje uma multidão cega.» Que grande verdade! Faz lembrar o "Ensaio sobre a Cegueira" o ramerrame em que andamos, cegos, amorfos. Que diabo!

Não obstante, bom fim de semana.

Maria João disse...


Pois o que nos anda a faltar é isso... o compromisso. Com o que sentimos, com o que dizemos e com o que fazemos. para começar, de nós para nós mesmos.

Há recados que vale a pena guardar!

Um abraço

O Puma disse...

...entretanto...

que viva o nosso Saramago

manuela baptista disse...

não existe sabedoria política, isso é o que eu sei


mas Einstein tem razão, se desesperarmos de nós próprios, quem esperará?

quem és, que fazes aqui? disse...


A força do ideal. "Quem dera que os povos vissem a tempo..."

Beijo

Laura

Fê Blue bird disse...

São estas vozes e forças inspiradoras que renovam os meus dias.
É sempre bom estar ao lado daqueles que vêem com os seus próprios olhos e sentem com o próprio coração.

beijinho

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Muito a refletir nesse seu post.
Volto com certeza.
Bjins
e lindo sabado
Catiaho Reflexo d'Alma

Lídia Borges disse...


"É reduzido o número daqueles que vêem com os seus próprios olhos e sentem com o próprio coração"

Está tudo dito!