24 janeiro, 2013

Temos algo em comum: nem Eu, Pessoa ou Jesus Cristo percebemos patavina disto....


Mercados financeiros e seus berreiros? Algazarra, algazarra só conheço a da feira da ladra. Não sei o que é ir e ter sucesso nos mercados, mas pela cara dos banqueiros, que os vejo encantados, a coisa correu bem, o que pode significar que para mim a coisa pode continuar a correr mal. Ah, e se os números que agradaram aos mercados estiverem errados? e se o Tribunal Constitucional não se sentir entalado?...
"A Standard & Poor’s manteve o rating de Portugal (...) como "lixo", citando riscos da decisão do Tribunal Constitucional para o défice público e as baixas perspectivas de crescimento da economia." ontem, no Público
Quer-se dizer, mesmo sendo ignorante, caso o deficit seja maior que o agora divulgado  e/ou o Tribunal faça o que tem a fazer, sempre quero ver o que vai acontecer... e mesmo que não aconteça nada, acho que a malta está (de qualquer forma) tramada:
"...importa também lembrar que o BCE só apoiará o regresso aos mercados mediante condições. O que isto quer dizer é que a receita da troika continuará a ser implementada em Portugal, mesmo depois de ela se ter ido embora. Olhemos para Espanha. Tem-se financiado nos mercados, não tem a troika fisicamente presente, mas está igualmente afundada numa austeridade imposta de fora. O país pode regressar aos mercados e a troika ir-se embora, mas isso não significar nada no que ao fim da austeridade e da espiral recessiva diz respeito" in Ladrões de Bicicletas