05 janeiro, 2014

Eusébio da Silva Ferreira, in memoriam (1942-2014)


Morrer é a coisa mais certa que temos na vida. A exacta glória é a póstuma, dizem.
Se podemos ir buscar ao desporto exemplos que podemos seguir na vida? Claro!, ao desporto como em qualquer lado. De Eusébio eu guardo a imagem de um homem de trabalho, daqueles que mesmo que pareça que vai cair, que nada há a fazer, coloca toda a energia e dá a volta por cima... apenas isso, e não é pouco! 
 (queria dizer que sou do Benfica, mas essa omissão não tem importância nenhuma...)