02 novembro, 2010

No dia... "em que os mortos amados batem à porta do poema"

--
Adriano Correia de Oliveira - Canção com lágrimas/Manuel Alegre

Os meus mortos, lembro-os na intimidade dos meus pensamentos...