07 novembro, 2010

Homilias dominicais (citando Saramago) - 14


HOMILIA DE HOJE

----------------- Foto retirada daqui
"O escritor deve fazer bem o que faz. O melhor que possa. Mas não deve ficar-se por aí. Não deve esquecer-se que é uma figura pública e está obrigado a intervir."
Tradução do cartaz, da foto
"A pergunta que todos deveríamos fazer-nos é: Que fiz eu se nada mudou? Deveríamos viver mais no dessassossego. Não haverá amanhã se não mudarmos o hoje. Como se conta em A Caverna, tudo o que levamos às costas é passado e todo esse passado, incluindo a desesperança e a desilusão, é o que influencia o amanhã. Há que fazer o trabalho todos os dias com as mãos, a cabeça, a sensibilidade, com tudo."
In José Saramago nas Suas Palavras*

(*) As palavras de Saramago compõe o retrato falado de um escritor que exerceu seu ofício com o profissionalismo de um operário, a pertinácia de um militante político, a consciência de um cidadão e a visão ampla de um verdadeiro intelectual.