23 novembro, 2012

Redacções do Rogérito 13 - "A aula que eu gosto mais é a de Matemática"

A aula que eu gosto mais é a aula de matemática por causa da sôtora que é muito boa professora e usa saia justa e travada e anda como uma fada e tem um sorriso bonito e nos põe a fazer problemas que dão muito que pensar sobre os números e o que eles querem dizer e com o que ando a aprender quando for grande não me deixo enganar. 
A última aula foi uma prova escrita e eu acertei em tudo que é coisa rara entre os adultos mesmo de escolaridade elevada pois nem todos sabem compreender se no caso de 10 pessoas terem um horário semanal de trinta e cinco horas se passarem a ter outro mais trabalhoso de quarenta no final qual é o total de horas com que a entidade patronal fica a lucrar e eu fiz as contas assim que passo a explicar tim-tim-por-tim-tim

35+35+35+35+35+35+35+35+35+35=350 horas

e depois

40+40+40+40+40+40+40+40+40+40=400 horas

e a resposta foi (400-350=50) a entidade patronal fica a lucrar 50 horas

A prova tinha outra pergunta mais difícil pois a sôtora só tinha ensinado as outras operações de divisões e multiplicações num dia em que trouxe saia rodada e explicou isso com a perna cruzada com a saia um pouco levantada e a pergunta perguntava quantos trabalhadores é que podiam ir para casa a receber dinheiro sem fazer nada com a poupança daquelas horas todas e eu fiz um raciocínio impressionante que foi perceber quantas vezes um novo horário cabia no lucro de horas lucrado e fiz as contas assim de rompante como explico adiante

50:40=1,25 trabalhadores terão de ir para casa

Tive tudo certo na prova de aritmética mas deixei de gostar um bocadinho da sôtora pois acho uma maldade mandar pessoas para o desemprego e ainda por cima parti-las aos bocados e isso só pode ser coisa de adultos... brutos.