11 dezembro, 2012

Poesia (uma por dia) - 14


AH... OS POETAS!
Ah os poetas
Tecem os sonhos
Em dias medonhos
Nas horas incertas
Em ruas desertas
Enredam os dias
Em secretas orgias
De justiça e esperança
Ensaiam a dança
De portas abertas
Disparam alertas
Ah os poetas

Ana Tapadas / Rara Avis in Terris

9 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

os poetas são assim mesmo...

gostei do poema e das fotos, muito bem combinadas.

;)

Lídia Borges disse...


Leve e sonante que nem música...

"Disparam alertas"

Ah, os poetas!

Mar Arável disse...


Só não querem salvar o mundo

só ajudar

Fernanda disse...

Nestes, acredito.
Beijo, poeta.

Maria João Brito de Sousa disse...

Ah, Mar Arável... os poetas podem ser um bocado excêntricos mas sabem que não podem salvar o mundo sozinhos...

Gostei muito do poema Rogério, mas não pude evitar um pequeno reparo ao Mar Arável...

Abraço!

jrd disse...

Ah os poetas!
Nem sempre são uns fingidores...

Ana Tapadas disse...

Querido amigo,
eu não merecia isto...especialmente no espaço de um Homem que se expõe e luta pelos seus ideais.

Desta, emocionou-me.

O meu muito obrigada a si e a todos.

Abraço fraterno.

Fê-blue bird disse...

AH!...OS POETAS!
Como eu os invejo!

E a amiga Ana fica aqui tão bem!

beijinho

Rosa dos Ventos disse...

São mesmo assim os poetas!

Abraço