16 dezembro, 2012

Poesia (uma por dia) - 19


GRITOS
Que mal há
em gritar palavras ao vento
mesmo que ele sopre em sentido contrário...

Ninguém nos ouve, é isso?

Ninguém nos responde...

E nós, que ouvimos o nosso grito fugindo,
e que pomos nesse grito
a força do vento que passa,
acaso não somos alguém?